Portifólio

Portifólio de Serviços - Sites

Índice do Artigo
Portifólio de Serviços
Auditoria de Redes
Segurança da Informação
Sites
Arquivismo
Auditoria de Software/Hardware
Software de Saúde
Download Portifólio
Todas as Páginas
SITES


Ainda não tem seu site?
Os dados abaixo podem convencê-lo!
No Brasil existem 67,5 milhões de internautas segundo o Ibope/Nielsen em dezembro de 2009. Em setembro eram 66,3 milhões. Ou seja: em apenas 3 meses surgiu 1,2 milhão de novos brasileiros e brasileiras com mais de 16 anos na internet. O Brasil é o 5º país com o maior número de conexões à Internet.
Nas áreas urbanas, 44% da população está conectada à internet. 97% das empresas e 23,8% dos domicílios brasileiros estão conectados à internet.
Internautas ativos
27,5 milhões acessam regularmente a Internet de casa, número que sobe para 36,4 milhões se considerados também os acesso do trabalho (jul/2009). 38% das pessoas acessam à web diariamente; 10% de quatro a seis vezes por semana; 21% de duas a três vezes por semana; 18% uma vez por semana. Somando, 87% dos internautas brasileiros entram na internet semanalmente.
Segundo Alexandre Sanches Magalhães, gerente de análise do Ibope//NetRatings, “o ritmo de crescimento da internet brasileira é intenso. A entrada da classe C para o clube dos internautas deve continuar a manter esse mesmo compasso forte de aumento no número de usuários residenciais”.
Tempo médio de navegação Posição País Tempo
1º Brasil 48h26m
2º Estados Unidos 42h19m
3º Reino Unido 36h30m
4º França 33h22m
5º Japão 31h55m
6º Espanha 31h45m
7º Alemanha 30h25m
8º Itália 28h15m
9º Austrália 23h45m
Desde que esta métrica foi criada, o Brasil sempre obteve excelentes marcas, estando constantemente na liderança mundial. Em julho de 2009, o tempo foi de 48 horas e 26 minutos, considerando apenas a navegação em sites. O tempo sobe para 71h30m se considerar o uso de aplicativos on-line (MSN, Emule, Torrent, Skype etc).
Comércio eletrônico
No primeiro semestre de 2008, as compras on-line somaram R$ 3,8 bilhões (45% mais do que igual período de 2007). O ano fechou em R$ 8,2 bilhões (crescimento de 30% na comparação com 2007). A previsão para o primeiro semestre de 2009 era de R$ 4,5 bilhões, mas, mesmo com crise, o faturamento foi de R$ 4,8 bilhões, 27% a mais em relação ao mesmo período de 2008. O valor médio das compras é de 323 reais. A previsão é que o ano feche em R$ 10,6 bilhões.
Publicidade on-line
A internet se tornou o terceiro veículo de maior alcance no Brasil, atrás apenas de rádio e TV. 87% dos internautas utilizam a rede para pesquisar produtos e serviços. Antes de comprar, 90% dos consumidores ouvem sugestões de pessoas conhecidas, enquanto 70% confiam em opiniões expressas online.
Assim possuir um site é indispensável para vários tipos de negócio, além de sites governamentais que necessitam adequar-se a lei de transparência e todo tipo de profissional que necessita de projeção em massa.




Última atualização (Sex, 05 de Agosto de 2011 19:30)